SOCORRO 24H 0800 601 4055

Área do associado
Lembrar senha

Calibragem do pneu: qual a importância?

Você lembra de fazer a calibragem do pneu? Se essa é uma atividade que passa batida, saiba que está fazendo errado. É por meio dessa prática que você regula a pressão e garante uma melhor condição de dirigibilidade.

Achou exagero? Na verdade, não é. A calibragem é mais uma tarefa que ajuda a manter a mecânica do carro em dia. Por isso, é imprescindível realizá-la com frequência.

Para mostrar melhor por que e como fazer isso, neste artigo explicamos melhor o assunto. Que tal entender mais? Confira!

O que significa calibrar os pneus?

O termo calibrar se refere à regulagem da pressão dos pneus por meio da insuflação de ar até o valor recomendado pelo fabricante do veículo. Apesar de simples, esse processo é fundamental. Quando é esquecido ou negligenciado, gera danos ao carro e até mesmo chega a causar acidentes.

Por que é importante fazer a calibragem do pneu?

É importante destacar que é bastante comum os automóveis terem pneus abaixo da pressão recomendada. Quando as válvulas de segurança e o assentamento das rodas estão em dia, a perda de pressão é de 1 libra por mês. Se houver algum desajuste, o prejuízo é ainda maior.

Isso gera uma série de problemas, como:

  • consumo a mais de combustível — rodar com 10 libras a menos em cada pneu gera um gasto até 12% maior de gasolina. Assim, a cada oito tanques abastecidos, um deles é desperdiçado;
  • aumento da possibilidade de acidentes — ter pneus com 25% abaixo da pressão recomendada têm três vezes mais chance de se envolver em acidentes.

Isso acontece porque as libras a menos impactam a dirigibilidade do veículo e a distância de frenagem. Além disso, em dias chuvosos ou pistas ruins há ainda mais probabilidade de riscos, já que essas situações negativas se agravam.

Outro problema derivado da falta de calibragem é o desgaste maior do pneu. Isso acontece porque a pressão reduzida gera mais calor. Com isso, será preciso fazer a troca em uma frequência menor.

Por fim, o calor mais alto e a baixa calibragem pode levar até o estouro do pneu em uso, o que prejudica a estabilidade do veículo e coloca o condutor em risco.

Como executar a calibragem dos pneus de maneira correta?

O ideal é conferir o manual do fabricante e seguir as regras contidas nesse documento. De modo geral, será apresentada a calibragem certa para tráfego em rodovias e zona urbana, e quando o veículo estiver vazio ou lotado de passageiros.

Além disso, deve estar especificado o prazo de verificação. Em muitos casos, é de 15 dias. No entanto, essa periodicidade é relativa, porque depende do cenário encontrado e do uso do carro. Por exemplo, se o automóvel já rodou mais de 3 km, os pneus estão quentes e é melhor calibrá-los com 5 PSI acima da pressão indicada.

Outro aspecto recomendado é possui o hábito de fazer a calibragem semanal, no máximo, quinzenal. Para isso, o ideal é realizar logo de manhã sem ter rodado com o veículo para evitar que os pneus estejam quentes.

Quais são as vantagens da calibragem do pneu?

Os motivos que justificam a calibragem são variados e os benefícios também. Entenda mais!

Economia de combustível

A calibragem dos quatro pneus garante a melhor distribuição do peso sobre as rodas para que a área de rodagem seja mais uniforme. Com isso, gasto de combustível é menor. Por sua vez, quando incorreto, a deformação é maior e gera resistência, o que aumenta o consumo.

Garantia de estabilidade do veículo

A estabilidade fica comprometida sem a calibragem. Além disso, o pneu pode estourar em algumas situações, como uma curva mais fechada.

Redução do desgaste prematuro

O contato visual periódico é a melhor maneira de saber se há um desgaste prematuro dos pneus. Em caso de falta de calibragem, o desgaste é maior nas extremidades ou na parte central.

Em suma, fica claro que a calibragem do pneu é fundamental para garantir a boa dirigibilidade do veículo. E você, faz a sua com frequência? Se sua resposta é “não”, lembre-se das dicas que repassamos e comece a fazer o procedimento com frequência.

Agora que você sabe o que fazer com a calibragem, aproveite e conheça a importância da manutenção de freios em carros e motos.