SOCORRO 24H 0800 601 4055

Área do associado
Lembrar senha

Uncategorized

Como conservar a pintura do seu carro

Como conservar a pintura do seu carro

As pessoas que compram carros pretendem mantê-los por muito tempo. Segundo informações da IHS Automotive, os carros em circulação hoje têm uma idade média de 11,5 anos, o que é um recorde.

Essa tendência tem muito a ver com o fato de que os veículos de hoje são fabricados para durar. Eles oferecem qualidade e confiabilidade aprimoradas e fornecem desempenho duradouro.

Os proprietários de automóveis sabem que podem prolongar a vida útil de seus veículos, prestando atenção quando se trata de manutenção regular. Mas um aspecto que muitas vezes é ignorado é a tinta. Certos riscos comuns podem afetar a pintura do seu carro. Isso pode ter um efeito negativo não apenas na aparência, mas também no valor de revenda.

Como conservar a pintura do seu carro

Existem etapas que você pode seguir para proteger a pintura do seu carro. Abaixo, listamos algumas dicas.

Lave regularmente

Entre em uma rotina regular de lavar o carro adequadamente. Lavar seu carro uma vez por semana remove qualquer sujeira que ele possa ter pegado na estrada e evita que ele cause danos duradouros ao acabamento. Certifique-se de usar um sabão que não seja muito duro com sua pintura. Além disso, sempre use um pano separado para limpar as rodas, para evitar esfregar a poeira do freio na superfície.

Seque seu carro corretamente

Deixar o carro secar ao sol certamente é fácil, mas definitivamente não é bom para a pintura. Quando as gotas de água evaporam, elas deixam quaisquer minerais ou sujeira que possam estar segurando – ou seja, é como se você mal lavasse o carro.

Areia e sujeira podem arranhar e danificar sua pintura, levando a uma aparência opaca e desbotada, que é o oposto do que você deseja.

Remova todas as manchas imediatamente

Manchas causadas por diferentes motivos enquanto você está no trânsito são desagradáveis, mas há mais de uma razão pela qual você deve limpá-las imediatamente.

Esses elementos não apenas podem se tornar muito mais difíceis de remover após secar e endurecer, mas também podem conter ácidos que prejudicam o acabamento do seu carro. Use um pano com sabão neutro e muita água para esfregar suavemente essas manchas antes que elas possam endurecer e causar danos à pintura do seu carro.

Calor no trânsito: cuidados ao dirigir no verão

2020 chegou e como é tradicional em janeiro, as temperaturas dispararam por todo o Brasil. O Rio de Janeiro, por exemplo, chegou a registrar sensação térmica próxima de 50ºC.

Essa época coincide com as férias escolares e muitas famílias aproveitam o mês para fazer viagens e curtir o clima quente. Diante disso, cuidados são necessários para que tudo aconteça de forma saudável e consciente. E esses cuidados vão além do que você imagina, pois o calor excessivo pode fazer mal para você e seu carro.

Abaixo, vamos dar algumas dicas para que você dirija com segurança no verão, mantendo da melhor forma possível a sua saúde e a do seu veículo.

Cuidados ao dirigir no verão

A primeira dica é um pouco difícil de ser seguida por todos, mas ainda assim é importante ser mencionada. O forte calor está com incidência solar ainda maior durante o período entre 11h e 17h e é recomendável que se evite as estradas nesse espaço de tempo.

Caso não seja possível escapar do trânsito nesse horário, tome alguns precauções: se hidrate tomando água com frequência, use protetor solar e óculos escuros. Além disso, outras recomendações básicas também precisam ser seguidas: não dirija se estiver se sentindo cansado e nem consuma alimentos muito pesados e gordurosos.

Cuidados com o carro no calor

As altas temperaturas do verão podem afetar a todos – e tudo, inclusive o seu carro. O calor extremo pode levar um carro a ultrapassar seus limites, o que pode causar sérios problemas. As dicas a seguir podem ajudar você a evitar se tornar um desses motoristas em apuros.

Verifique se a bateria está preparada para altas temperaturas

Problemas de bateria nem sempre ocorrem no inverno. De fato, o calor do verão pode ter um impacto mais negativo na bateria do que o frio do inverno. Calor e vibração são os piores inimigos de uma bateria, causando avaria interna e eventual falha. Embora você não possa fazer muito a respeito do calor, verifique se a bateria está montada com segurança para minimizar a vibração.

Mantenha seu motor fresco

Os sistemas de refrigeração protegem os motores contra superaquecimento e devem ser lavados periodicamente, conforme recomendado pelo fabricante do veículo. Entre as descargas, verifique se o líquido de arrefecimento está cheio no nível adequado, verificando o reservatório de transbordamento.

Mantenha seus pneus calibrados

Dirigir com pneus insuflados pode causar superaquecimento e aumentar a probabilidade de uma explosão, especialmente quando as temperaturas da estrada são extremamente altas. Verifique a pressão dos pneus do seu carro (incluindo a de reposição) pelo menos uma vez por mês, porque os pneus normalmente perdem cerca de um quilo de pressão por mês devido à infiltração normal.

Mitos e verdades sobre carros

A invenção do automóvel foi um momento crucial para a humanidade. Não só tivemos uma nova maneira de escalar grandes distâncias confortavelmente, mas também deu origem a veículos mais complexos, como caminhões. Os carros são uma das razões por trás do rápido progresso da humanidade ao longo do último século, pois nos permitiram ir aonde outros modos de transporte mais antigos não podiam.

Apesar de os carros serem tão amplamente utilizados, muitos de nós sabemos muito pouco sobre como eles realmente funcionam. Muitas das coisas que achamos que sabemos sobre carros estão erradas e não passam de mitos espalhados pelo senso comum.

Confira quatro mitos e verdades sobre carros

Usar o ar condicionado aumenta o consumo de combustível: verdade!

Pois é. Costuma ficar muito quente dentro do carro e a alternativa mais plausível é ligar o ar condicionado. Muito se fala por aí que esse uso do ar condicionado aumenta o consumo do combustível e é verdade. Dependendo da escala de uso, pode aumentar em até 20% o consumo.

Para usar etanol no inverno, precisa aquecer o carro antes de usar: mito!

Isso passa longe de ser necessário, seja para carros novos ou mais antigos. Os veículos novos possuem sistema de gerenciamento eletrônico que garante o desempenho, seja quente ou frio. Já os antigos possuem um pequeno tanque auxiliar para dar a partida no frio. O importante é ter gasolina no reservatório.

Descansar o pé na embreagem prejudica o seu carro: verdade!

Manter seu pé no pedal de embreagem em momentos desnecessários irá provocar um desgaste maior das peças. A que sairá mais prejudicada será o disco da embreagem. Elimine esse hábito caso não queira ter problemas inesperados ao engatar as marchas.

Deixar o carro em ponto morto em descidas economiza combustível: mito!

A chamada “banguela” não traz economia. Os carros que possuem injeção eletrônica tem um sistema que identifica que não precisa injetar combustível e interrompe o fluxo que vem do tanque.