Central de Atendimento
0800 609 1350

(Área do associado)
Lembrar senha

5 Principais Cuidados ao Dirigir em Estrada de Terra

Todo mundo sabe que um asfalto sem buracos e com pavimentação é o melhor caminho a seguir. Assim, você evita imprevistos no seu veículo e consegue otimizar o combustível. Mas há momentos em que não tem jeito: é preciso pegar a estrada de terra.

Seja para ir a um hotel fazenda ou pousada aconchegante, seja para realizar uma aventura no final de semana, esse pode ser o rumo para um dia bacana com a família. É aí que você deve se perguntar: quais cuidados devo ter com o meu carro?

É o que apresentaremos neste post. Então, vamos lá conferir as dicas?

1. Mantenha a Roda em Partes Uniformes da Estrada de Terra

Uma diferença entre o asfalto e a terra é a aderência. A tração do veículo fica comprometida e há mais chance de o automóvel derrapar ou patinar com a consequente perda do controle do volante por parte do motorista.

Por isso, mantenha sempre a roda nas partes mais uniformes. Caso existam sulcos formados por veículos mais pesados, evite-os porque seu carro pode ser danificado.

Lembre-se também de que existem pneus que se adaptam bem à terra e ao asfalto. É o caso do misto, que tem um valor próximo ao do pneu comum. Com ele, você tem melhor dirigibilidade e mais atrito com a estrada.

2. Cuidado Com as Curvas e Descidas

O problema aqui é o mesmo do item anterior: o pouco atrito. O ideal é dirigir devagar, evitar movimentos bruscos e desvios radicais. Quanto às freadas, tente ser mais suave para manter o controle do carro.

Lembre-se de nunca frear durante a curva, porque ela só vai piorar a situação. Isso é especialmente recomendado se estiver chovendo. Nesse caso, a aderência é ainda menor e, por isso, o indicado é usar marchas reduzidas.

Cotação de Proteção Veicular

 

3. Escolha um Veículo Adequado

Os carros altos são os melhores para estrada de terra. No entanto, é preciso ter um equilíbrio, porque uma elevação muito grande pode prejudicar a estabilidade, o que interfere diretamente o controle da direção.

Assim, o carro para estrada de terra deve ter boa tração, angulação de ataque e de saúde, altura e estabilidade. O veículo muito baixo pode sofrer devido às ondulações e tem uma chance maior de passar por algum prejuízo.

4. Equilibre a Velocidade

Como dirigir em estrada de terra? A resposta está sempre no equilíbrio. Devido à baixa aderência, optar por uma velocidade alta é arriscado. Além de aumentar as chances de acidentes, ainda há mais possibilidade de atolar ou derrapar.

Por sua vez, a velocidade muito baixa gera a perda de potência do veículo, o que também pode fazer com que fique atolado. Por isso, deve-se usar a marca equilibradamente, misturando leveza e constância.

Lembre-se ainda que, pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a velocidade máxima em estradas rurais é 60 km/h.

5. Faça Uma Revisão do Veículo

Assim como nas viagens, antes de pegar uma estrada rural é indicado fazer uma revisão. Verifique o fluido do radiador, a água do para-brisa e o óleo do motor. Além disso, calibre os pneus, inclusive o estepe.

Levar o carro a um mecânico é outra boa atitude, porque esse profissional conseguirá fazer uma avaliação geral para evitar qualquer problema.

Como você pôde perceber, dirigir em estrada de terra é fácil, mas precisa de atenção. Seguindo as dicas que repassamos, fica muito mais fácil ter sucesso na sua empreitada.

Agora que você já viu essas dicas, que tal conferir outras sugestões? É só ler os cuidados para evitar o desgaste precoce da embreagem.

Conheça nossas redes sociais: Facebook, Instagram, LinkedIn e Youtube.